Você sabe quem são seus clientes e o que eles querem?
  • Wagner de Souza

Você sabe quem são seus clientes e o que eles querem?

O avanço tecnológico comunicacional proporcionou o advento de variadas ferramentas para o marketing e para a comunicação de uma forma geral, visto que o contato físico entre cliente e empresa se tornou mais escasso.


Neste cenário de inúmeras possibilidades de canais de comunicação, e-mail, sms, blog, fóruns, redes sociais,entre outros,tornar a comunicação efetiva e fazer com que ela chegue ao destinatário como a organização deseja, entretanto, se tornou uma tarefa ainda mais difícil.


Ruídos, mensagens mal construídas e destino incorreto da mensagem, tudo isso pode ser pulverizado instantaneamente em redes sociais e grupos fechados, ocasionando na construção de uma imagem negativa, e até mesmo uma reputação manchada diante do público.


Por outro lado, na era digital, a comunicação entre as organizações e os públicos de interesse pôde beneficiar-se de uma comunicação mais direta, direcionada e ativa. Os canais de comunicação citados possibilitaram a oportunidade de feedback e até mesmo de espaços de fala. Para que isso aconteça, todavia, as empresas devem conhecer seus públicos, identificá-los e segmentá-los para que a mensagem seja pessoal e de interesse do cliente.


O crescente aumento de e-commerces e sites é um reflexo não apenas dos avanços tecnológicos, mas também uma consequência ligada a um fator comportamental observado pela Antropologia Digital na sociedade. Mesmo diante de ressalvas quanto a compra online, o consumidor recorre a pesquisas na internet antes de comprar qualquer serviço ou produto.


Os métodos mais tradicionais adotados pelas empresas para identificar e coletar informações dos clientes resumem-se a pesquisas de mercado e satisfação, de campo e/ou online. Mas para isso, aplica-se uma série de condições temporais e atemporais que surgem no processo de pesquisa: tamanho dos questionários e coesão linguística dos mesmos, disposição do indivíduo, amostra, local, abordagem do pesquisador, recursos financeiros e físicos.


Todos esses fatores, além de atrasarem a pesquisa acabam tornando ela muitas vezes inviável e pouco confiável para a empresa.


A Anthropolab neste contexto, como uma oportunidade de acompanhar a efemeridade da vida moderna e do ambiente digital. Ela proporciona dados e informações que uma pesquisa de campo ou online jamais forneceria, ao passo que a Anthropolab atua segundo 4 pilares advindos: das ciências sociais, biológicas, da linguística e da matemática.


Isso permite identificar o comportamento natural do usuário online, também chamado de códigos répteis, seja no ato da compra, da pesquisa, ou do comentário em redes sociais, blogs e sites.


Através da identificação desse comportamento é possível coletar informações como hábitos de consumo de determinado produto e serviço, seja por região, tribo ou indivíduo. Esses dados possibilitam que a empresa possa ter de antemão uma análise geral e ao mesmo modo, extremamente específica do que seu público deseja e quem são eles, qual a região geográfica com maior incidência de compra, qual classe social tem mais hábito de compra do produto, qual sentimento na hora da compra, quais seus medos,qual a percepção dos mesmos sobre a marca e qual produtos/serviços eles preferem.


Fica notória a vantagem da Anthropolab no atual cenário de comunicação e relacionamento entre empresas e públicos, diante das transformações constantes na vida social e tecnológica. Ela não só é mais eficaz na obtenção de dados como também é mais ágil na contabilização dos mesmos, tornando-se a melhor opção para sua empresa satisfazer as necessidades dos clientes.

Nova logo Vesti.png
Nova logo Vesti.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Linkedin

Rua Antônio Pereira, 1-12 | Paraíso

17051-290 | Bauru | São Paulo

             Fone: +55 14 3218-1376

contato@vesti.com.br

Agência Certificada

Logo-Abradi-02-440-Branco.PNG
Copyright © 2019 | Vesti Marketing Digital. Todos os Direitos Reservados. Uso de cookies.